ATENÇÃO
Não temos vendedores externos, não realizamos empréstimos.

O mundo empresarial mudou. O modo de comunicação também

O mundo empresarial mudou. O modo de comunicação também
O novo modo de comunicação sobre o ponto de vista da oratória empresarial moderna. A importância de uma boa oratória para um empresário.

Muitos podem achar óbvio que todo empresário deveria saber se comunicar com assertividade. O que pode ser novidade para alguns é o que é "conhecer bem de comunicação" ou "ter uma boa oratória" significa no mundo empresarial e/ou jurídico.

Há muitos anos, quanto mais difícil o empresário falasse, mais bonito era. Utilizar termos técnicos, ou argumentos extensos e complexos era sinônimo de uma boa comunicação nos ambientes corporativos. Até mesmo o número de horas de um dia podia significar que o empresário era um bom locutor. Mas precisamos admitir: o mundo mudou e muito.

Sabemos que se as pessoas que trabalham na área empresarial, seja empresário, presidente ou diretor, devem, cada vez mais, trabalhar melhor com o poder da síntese e da objetividade. O bom empresário não irá mais conquistar seu cliente se utilizar termos que ele não entende. Vivemos em um mundo com pressa.

O novo modo de comunicação pede objetividade, assertividade. Não há mais tempo para argumentos complexos ou para pessoas prolixas. Por este motivo, cada vez mais nós vemos empresários e profissionais desta área procurando treinamentos de oratória.

Mas não aqueles proferidos por empresários, mas por um especialista antenado, que saiba em profundidade sobre o novo modo de comunicar e tendências mundiais em comunicação e apresentação.

Para falar com seu cliente

O empresário que se propõe a flertar diretamente com seu cliente deve estar ciente que é preciso adaptar seu discurso para que o uso excessivo de termos técnicos não acabe por afastar seu cliente. Novas habilidades precisam ser desenvolvidas para que empresários consigam explicar suas ideias de maneira a criar conexão com seu cliente.

É preciso ter um tino comercial, é preciso criar empatia, conhecer sobre técnicas de persuasão e ir além da explicação técnica. O cliente precisa sentir segurança no seu empresário. O empresário precisa transmitir credibilidade, e para isso, existem muitos aspectos que podem ser trabalhados.

Como é sua postura? Como você usa sua expressão facial? Como seus gestos facilitam a compreensão de sua mensagem? É preciso dominar a linguagem não verbal.

Indo ainda um pouco mais profundo, como você organiza sua mensagem? Você consegue construir um raciocínio lógico de começo, meio e fim? Já lhe falaram que você é prolixo? Você se perde no meio do que está falando? É preciso conhecer sobre técnicas de organização de raciocínio para conseguir objetividade.

E sua fala? Você fala para dentro? Tem a lingua presa? Sua voz é monótona? Você sabe prender a atenção as pessoas através da modulação vocal? É preciso saber utilizar sua voz e dicção com sabedoria.

Esses são alguns dos pontos que o profissional da área empresarial pode trabalhar para que saiba se expressar com clareza e de maneira profissional. Quando falamos em comunicação com o cliente, o que está em jogo? Segurança.

O que o empresário precisa fazer é transmitir segurança de que o cliente pode confiar que será bem representado. Por isso, engana-se quem acha que "falando difícil" conseguirá isso.

Oratória e sustentacão oral

Muita coisa mudou de 2015, cada vez mais o mundo empresarial está se adaptando ao novo modo de comunicação.

O mundo pede que objetividade. Como você pode defender sua ideia da maneira mais direta, mas ainda assim chegando ao seu objetivo final, que é convencer o juiz do seu argumento?

Não esqueça que no caso de sustentação oral, o sentimento que está em jogo aqui também é a "segurança", mas para o juiz ter segurança no que está sendo dito é necessário uma argumentação impecável. É preciso que todas as explicações sejam baseadas em literatura: fontes precisam ser citadas e tudo que é dito precisa ter um embasamento técnico.

Seja para lidar com o cliente ou com o presidente, o bom empresário nos tempos atuais domina sua habilidade de comunicação interpessoal.

Dizemos que comunicar, ou fazer apresentações é como uma orquestra, cada aspectos de comunicação é como um instrumento, e nós somos o maestro que rege a orquestra, sincronizando todos os aspectos durante uma exposição de fala. Tudo precisa ser muito bem coordenado para que a comunicação seja perfeita. E não esqueça, você sendo um bom maestro, deve saber mudar o estilo musical de acordo com seu público. É super importante que nós comunicadores sejamos flexíveis. Que entendamos que cada público tem uma necessidade diferente. E que precisamos sim, estar atentos para entregar nossa mensagem da melhor do jeito que for melhor para cada público.

Fonte: JusBrasil,  acesso: 04/07/2017 as 15:00.

ADM: "Participar da Prosiga é algo maravilhoso. Você tem a oportunidade de mudar sua vida financeira, sua relação com o dinheiro, e ainda tem a oportunidade de ajudar outras pessoas e empresas". Facebook


 

Copyright © 1999 - 2017 Prosiga - [prosiga.net] Todos os direitos reservados.

Site Seguro
Política de Privacidade. A Prosiga preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, entretanto não nos responsabilizamos por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes. Você pode usar as informações contidas nesse site, mas não deve nunca deixar de fazer suas próprias pesquisas e coleta de informações antes de tomar qualquer decisão. Nós procuramos responder dúvidas dos nossos leitores. Isso não significa que somos obrigados a responder todas as perguntas que recebemos. Também não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas. Elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc.
Tudo Sobre:

Recuperação de Créditos, Cobrança Judicial, Recuperação de Empresas, Revisão de Dívidas Empresariais, Banco Itaú S.A., Banco Bradesco S.A., Banco Volkswagen S.A., Busca e Apreensão, Banco Toyota S.A., Banco Santander S.A., Banco Itaucard S.A., Banco Votorantim S.A., HSBC Bank Brasil S.A., HSBC Bank Brasil S.A., Recuperação de Créditos, Banco Panamericano S.A., Dano Moral, Banco Randon S.A., Banco Sofisa S.A., Banco Mercedes-Bens do Brasil S.A., Banco Safra S.A.>, BV Financeira S.A., Solução de Dívidas, Banco Honda S.A. , Hipercard Banco Múltiplo S.A., Banco Morgan Stanley S.A., Banco John Deere S.A., SICREDI S.A., Banco Alfa S.A., Banco ABN AMRO Real S.A., Banco do Brasil S.A., Banco Capital S.A., Banco Petra S.A., Scania Banco S.A.

.