ATENÇÃO
Não temos vendedores externos, não realizamos empréstimos.

Por quanto tempo meu nome pode ficar inscrito no SPC/SERASA?

Deixei de pagar uma conta e por isso meu nome foi pro SPC. Por quanto tempo meu nome pode ficar inscrito no SPC/SERASA? Após esse prazo, meu nome fica limpo? O que fazer se meu nome não sair?

O prazo de permanência de inscrição em cadastro de inadimplentes é de 5 anos, a contar da efetiva inscrição, conforme inteligência da Súmula 323 do STJ: "A inscrição de inadimplente pode ser mantida nos serviços de proteção ao crédito por, no máximo, cinco anos".
Contudo, o mesmo pode ser retirado antes, caso haja a prescrição do direito de propositura de ação de conhecimento para cobrança da dívida.

Passados estes 5 anos, se encerra a exigibilidade da dívida, motivo pelo qual seu nome deverá ser retirado do SPC/SERASA, caso contrário, o mesmo poderá ajuizar ação de indenização por danos morais, devido a inscrição indevida em cadastro de inadimplentes.

Regra Geral serve pra todo e qualquer estabelecimento comercial, porém, em caso de redes bancárias a coisa não é tão simples assim.

Ocorre que em casos de dívidas em bancos, principalmente em bancos públicos, estas, tornam-se dívidas ativas, ou seja, a repartição bancária pode excluir seu nome do cadastro de inadimplentes mas internamente ficará com restrições bancárias. O tempo passa, se um dia o inadimplente for efetuar financiamento, de casas, carro, empréstimos, etc, não realizará seu sonho.

E vou além, caso tenha uma casa financiada pela caixa, minha casa minha vida entre outros, ao solicitar a certidão de quitação, a coisa ficará feia, quita a dívida com o governo ou... é só o começo do calvário.

Primeiramente, para haver o bloqueio de valores da conta, sempre é preciso uma ordem judicial, assim, o banco precisa ajuizar uma ação de execução ou de cobrança antes de encerrar o prazo da prescrição, sendo que a interrupção do prazo prescricional ocorrerá com a citação do devedor, tendo feito isso, aí sim não teria problema ultrapassar o prazo de 5 anos, pois já se interrompeu o prazo prescricional.

Estando em andamento a ação, com certeza o banco credor irá informar ao juízo a respeito dos valores depositados, com o fim de que o juiz defira a penhora dos valores.

Agora, se estes valores estiverem depositados em outros bancos, o banco credor poderá pedir na ação judicial a consulta pelo sistema Bacenjud, que possibilita a consulta em todos os bancos, sendo que no caso de ser encontrados, os valores também serão penhorados.

Portanto, enquanto estiver em andamento a ação, o banco poderá informar o juízo para que aconteça a penhora, mas não pode fazer isso sem ordem judicial.

ADM: "Participar da Prosiga é algo maravilhoso. Você tem a oportunidade de mudar sua vida financeira, sua relação com o dinheiro, e ainda tem a oportunidade de ajudar outras pessoas e empresas". Facebook


 

Copyright © 1999 - 2017 Prosiga - [prosiga.net] Todos os direitos reservados.

Site Seguro
Política de Privacidade. A Prosiga preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe, entretanto não nos responsabilizamos por perdas, danos (diretos, indiretos e incidentais), custos e lucros cessantes. Você pode usar as informações contidas nesse site, mas não deve nunca deixar de fazer suas próprias pesquisas e coleta de informações antes de tomar qualquer decisão. Nós procuramos responder dúvidas dos nossos leitores. Isso não significa que somos obrigados a responder todas as perguntas que recebemos. Também não nos responsabilizamos por erros, omissões ou imprecisões nas nossas respostas. Elas não substituem a orientação de especialistas como advogados, contadores, especialistas em finanças etc.
Tudo Sobre:

Recuperação de Créditos, Cobrança Judicial, Recuperação de Empresas, Revisão de Dívidas Empresariais, Banco Itaú S.A., Banco Bradesco S.A., Banco Volkswagen S.A., Busca e Apreensão, Banco Toyota S.A., Banco Santander S.A., Banco Itaucard S.A., Banco Votorantim S.A., HSBC Bank Brasil S.A., HSBC Bank Brasil S.A., Recuperação de Créditos, Banco Panamericano S.A., Dano Moral, Banco Randon S.A., Banco Sofisa S.A., Banco Mercedes-Bens do Brasil S.A., Banco Safra S.A.>, BV Financeira S.A., Solução de Dívidas, Banco Honda S.A. , Hipercard Banco Múltiplo S.A., Banco Morgan Stanley S.A., Banco John Deere S.A., SICREDI S.A., Banco Alfa S.A., Banco ABN AMRO Real S.A., Banco do Brasil S.A., Banco Capital S.A., Banco Petra S.A., Scania Banco S.A.

.